Translate this Page



Partilhe este Site...



Total de visitas: 32670
Apresentação

  

   

     Por curiosidade intelectual e amor a minha cidade, dedico-me ao estudo da História de Nova Lima. Parto da velha máxima, que devemos estudar o passado para compreendermos o presente e nos prepararmos para o futuro.

     A população de Nova Lima sempre teve um caráter de flutuação, isto é, semiflutuação. Os antigos empregados da Mina de Morro Velho eram, quase sempre, retirantes do Nordeste ou de regiões agrícolas de Minas, à procura de um trabalho provisório não se fixaram sedentariamente na região. Até hoje isso acontece frequentemente em função da expansão dos condomínios e de empresas prestadoras de serviços que se instalam na divisa com a capital Belo Horizonte. Tal fato contruibuiu para uma pluralidade cultural na cidade, mas seus moradores não tem identidade cultural com o município. Poucos sabem de sua rica história.

     Baseio este trabalho, nos estudos empreendidos pelo fantástico historiador Bráulio Carsalade Villela caucados em livros de guardamoria, em que se registravam as concessões de datas e de provisões de água. Fontes que elucidaram grande parte dos primórdios de Nova Lima.

     A anos arregacei as mangas, objetivei o resgate da memória do município, ou parte dela e agora tenho a alegria de apresentar este trabalho através deste modesto site.

     Não é uma história, apenas retalhos.

     Que sirva, pelo menos como estímulo ou fonte de pesquisa, para que a partir desta publicação, outros dêem sua contribuição, e a História de Nova Lima não seja apenas o título de mais um tema de um site.

     Quero registrar a alta sensibilidade histórica de Bráulio Carsalade Villela, Walter Taveira, Dulce Maria Lacerda, de Marria Efigênia Lloyd e de Nancy Couto Konstantin, que atentaram para o problema.

     Ressalto ainda o esforço particular de Jesus Batista Drumond, cujo acervo resgata a memória de um importante período de nossa história municipal.

     As fontes são raras e mal conservadas. Existe muita matéria desordenada que tem que ser estudada para dela se colher uma referência de interesse. É um autentico trabalho de garimpagem. Muito cascalho há de ser processado para chegar-se ao brilho do ouro.

     A História de Nova Lima muitas vezes é transmitida, deliberadamente, pela versão deformada dos fatos. O que conta afinal, e lastimavelmente, é a conveniente versão do fato ou a sua omissão, também conveniente.

     Irei tentar a insenção para que a verdade possa mostrar a sua cara.

     Outra grande fonte está na oralidade, sendo esta passível de exagero ou fruto do imaginário popular, cabendo também rigorosa pesquisa.

     Por fim este site pretende também ser interativo, instigando os internautas a colaborarem com fatos ou questionando as publicações aqui postadas.

     Espero por fim, que este trabalho desperte nas pessoas a necessidade de se preservar nossa memória que é a alma de um povo.

 

Elmo Gomes

 


topo