Translate this Page



Partilhe este Site...

Links do Autor

    


A História de Honório Bicalho
A História de Honório Bicalho

 

     O primeiro a chegar a região e tomar posse das terras tem até hoje seu nome gravado na memória e nas ruas da cidade. Foi Manoel Afonso Gaia, bandeirante de família tradicional de Santos. Depois de Gaia chegou a região um herdeiro direto da alta estirpe dos bandeirantes paulista. O neto do Caçador de Esmeraldas, o famoso Fernão Dias Paes Leme, com o mesmo nome do avô. Chega e se instala em uma grande fazenda banhada pelo rio das Velhas e pelo ribeirão dos Macacos. A atividade mineradora incansável nos arredores abriu minas e atraiu gente. A região cresceu e prosperou Em recenseamento de 1740 as pessoas mais ricas da Freguesia de Nossa Senhora do Pilar das Congonhas eram todas moradoras de Barra do Ribeirão dos Macacos. Mesmo depois da morte de Fernão Dias e da fragmentação da fazenda, o lugar continuou se desenvolvendo. A fadiga da mineração chega em diversas partes da província a partir de 1760, mas a atividade na região não diminui até fim do século XVIII. Finalmente o ouro não é mais encontrado e a decadência se instala. Era chegada a hora das companhias mineradoras.

     O filão mais rico era a Mina do Faria. A primeira experiência de exploração da mina foi marcada pelos conflitos entre os sócios brasileiros e ingleses. Em 1887 a mina foi comprada e constituída em Paris a Societé de Mines D’or de Faria com capital de 1.800.000 francos.. A região retoma seus melhores dias e até uma fábrica de cerveja foi instalada. Mas problemas com a penetração de água nas galerias e a baixa concentração de ouro por tonelada de minério tornaram o negócio pouco rentável. Depois de 10 anos enfrentando dificuldades os franceses saíram e passaram o negócio para os ingleses. Foi criada a Faria Gold Mining Company of Brazil Limited com capital de 60.000 libras esterlinas. Os mesmos problemas técnicos e agranulação muito fina do minério levaram a empresa a fechar as portas em 1908, vendendo seu espólio a Saint Jonh Del Rey Mining Company.

     O imigrante italiano Fioravante Eugênio Armani chegou ao Brasil em 1898. Nascido em 1862 e originário da província de Trento, na Itália, Fioravante dominava sete idiomas e se mudou para Belo Horizonte com o objetivo de ser intérprete da colônia de imigrantes alemães que veio para ajudar na construção da capital mineira.. Era casado com Melânia Penzim, nascida em Milão, na Itália, e teve quatro filhos. Pode-se falar que Melânia era a timoneira da família, pois, além de cuidar da casa e dos filhos, tocava a fábrica de cerveja e de soda limonada do bairro Santa Efigênia em Belo Horizonte (localizada na rua Niquelina, esquina com rua Frutal). Fioravante passava a semana fora cuidando da unidade localizada em Honório Bicalho, distrito de Nova Lima, responsável pelo fornecimento de cerveja Gabel’s aos ingleses da Faria Gold Mining e da Saint Jonh Del Rey Mining. A Gabel’s era conhecida como cerveja-barbante isto porque na época ainda não eram utilizadas tampinhas para fechar as garrafas, e sim, rolhas que precisavam ser amarradas com barbante e coladas com breu. A morte pré-matura de Melânia,, aos 33 anos, levou a Fioravante a fechar a unidade de Honório Bicalho que ia muito bem e a tocar o negócio só em Belo Horizonte

     Ainda no império, em 1881 começou a ser implantado o Plano Bicalho que através de ferrovias e trechos navegáveis dos rios criava uma rede de transporte integrando todas as regiões do país. Começou então a ser construída a Estrada de Ferro D. Pedro II. Em 1890, já na república e com a ferrovia rebatizada Estrada de Ferro Central do Brasil, foi inaugurada a estação do trem em Barra do Ribeirão dos Macacos Para homenagear o engenheiro civil que planejou e construiu a ferrovia a estação passou a se chamar, Honório Bicalho. A partir daí e por cerca de 90 anos a estação foi o centro da vida do lugar. Tudo girava em torno dela. O funcionamento dela determinava o ritmo das coisas. .Com a desativação do transporte ferroviário a estação foi abandonada e foi pouco a pouco sendo depredada até ser totalmente demolida. O distrito volta a um período de declínio e de dependência agora em relação a sede de Nova Lima.

     Honório Bicalho está situada no trajeto da Estrada Real que ligava o Rio de Janeiro às minas chegando até Diamantina. Por este caminho passam hoje as principais ações dos órgãos oficiais assim como dos principais operadores do segmento turístico. A região com grande número de atrativos, históricos e naturais. Honório Bicalho espera se beneficiar por um novo ciclo econômico tendo por base as atividades de ecoturismo.

 

Copyright © Elmo Gomes - Todos os direitos reservados

                                        

                                                  

 

                                                          

                                                                  

topo